pq_desenho15_5003

Português

Já faz tempo que não escrevo. Neste meio tempo tanta coisa aconteceu que será aos poucos que vou dar as notícias por aqui.

Por ora uma notícia boa, concluí todos os trabalhos do período passado. Com isso voltei pra casa e após mais um carnaval festivo comecei o meu trabalho de graduação (em arquitetura e urbanismo).

Como eu havia prometido, aqui estão os trabalhos de desenho e pintura que desenvolvi em Toronto na York University.

Inglês

It has passed one month since I last wrote here. But since we say in Brazil that the year starts only after Carnival, here we are to a fresh start.

I finished my last term at York University and now I can focus only on my graduation project at home (in architecture and urban studies).

In the mean time here they are some of the drawings and paintings I did in Toronto. Feel free to compare them with my work back in August.

Português

Detalhe, nas primeiras aulas de desenho fiquei assustado com a qualidade dos desenhos da turma. Uma coisa que mais me chamou a atenção foi a qualidade do sombreamento e a sensação de profundidade alcançadas pela turma.

Um dos segredos é não ter medo de escurecer o desenho. O elemento mais escuro do desenho vai também delimitar o leque de tons do trabalho. Quanto mais escuro for seu preto, mais tons de cinza caberão até o branco e uma maior profundidade será obtida. Nestas horas o uso de carvão (charcoal ou willow charcoal) realmente ajuda.

Inglês

The first lesson I learned was regarding tone ranges and darkness. You can’t get a great volume without going darker with your drawing. The darkest you go,  more tones of gray you have to work with.

Therefore the feeling of deepness can be better reached. For those like me, afraid of going dark I would suggest working with charcoal. It naturally gives you a really dark black tone.

In the case of painting you can apply the same concept for the colors and the perceived range of volumes.

 

Português

Tem uma dica de desenho que recebi na verdade do meu professor de pintura que gostaria de compartilhar. O nome dele é Radoslaw Kudlinski e além de um ótimo professor é um artista com um trabalho bem rico.

Depois de ver meus desenhos ele me sugeriu desenhar com a mão esquerda.

Isto faz parte das técnicas conhecidas como desenhando com o lado direito do cérebro (um livro muito bom inclusive). Isto libera mais um lado menos controlador e racional de sua arte. Quando a única certeza existente é a de que não dá para ter certeza de como o desenho vai sair, coisas incríveis acontecem 🙂

Você pode conferir abaixo os três primeiros desenhos que fiz com a mão esquerda usando grafite 4B, e um maior (A3) usando Willow Charcoal.

English

There is a piece of advice I got from my painting professor that I want to share. His name is Radoslaw Kudlinski and some of his recent works can be found at: www.bluerepublic.ca

He suggested me to draw using my left hands. What? Yes left hand.

I have heard about drawing with the right side of the brain before, but it was such a long time since I didn’t give it a try. I started with the drawing you can see below. Using simple pencils (4B) I copied some pictures. WOW, I loved the result 🙂

So I kept drawing and in the end I even took a chance with Willow Charcoal, my left hand, an A3 sketch paper and a friend’s picture. I do believe it helped improving my technique. It’s a training I recommend to everyone.

Bene, Left Hand

Misako, Left Hand with Willow Charcoal

Português

Espero que tenha gostado deste tour por meus trabalhos. Não custa reforçar que o exercício de desenho ajuda e muito o trabalho do artista 3D.

Talvez eu devesse começar a usar o mouse com a mão esquerda :p

Por fim fique aqui com uma pintura acrílica cujo tema era “dentro e fora”.

Eu fiquei bem contente com este trabalho pois foi minha primeira pintura e o professor gostou bastante.

Abraços,
Dalai

Inglês

I hope this showcase wasn’t a disappointment for any 3D artist. Although I like 3D animations and still renderings, I think traditional artwork still is an unreplaceable form of art.

Finally I present you my first painting and one of my favorites. I even got an A for that on. The theme was “inside/outside”.

This painting was based on a picture I took when I was 15 and some friends and I loose the keys of a beach house and needed to use the air-conditioner hole as exit.

Good times 😉

 

A Painting

Related Post: